SHEMA ISRAEL

Sinagoga Morumbi

Yeshiva Boys Choir -- Kol Hamispalel

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Jetró o sogro de Moisés Números 10-29


O sogro de Moises tinha 7 nomes: Reuel, Jeter, Jetró,(Yitro) Chobal, Chéber, Keni e Putiel, mas o seu nome original era Léter.
Depois de se converter ao judaísmo chamou-se de Jetró. Os outros nomes são qualificativos atribuídos pelas suas qualidades, como por exemplo: Reuel porque se tornou amigo do Deus Eterno.
Chobal, porque amou a Torá, ele Elazar filho de Abrão, tomou uma das filhas deste por mulher. Êxodo-6-25.
Nesta parashá a Torá o chamou de Chobal, filho de Reuel, pois o seu pai chamava-se também Reuel, Jetró, depois de aprender a Lei de Moisés, pediu que o deixasse ir ao pais de seu nascimento, porém Moisés insistiu para ele acompanhar-lo o povo de Israel, prometendo-lhe parte da herança que Deus daria a este povo.
Moisés conhecia o valor de seu sogro, que segundo o Talmud (sota11) foi conselheiro do Faraó, e Moisés, ele próprio, aproveitara-se em outra ocasião de seu conselho Êxodo-18-19.
Desta forma Jetró, aos olhos de Moisés e do povo de Israel, era considerado um grande homem. Ele possuía uma qualidade que deveria esta avista do povo de Israel.
Durante a macha no deserto, ele poderia servir-lhes de exemplo, iluminando-lhes o caminho.

Ele seria apontado nos momentos de dificuldade e esperança, pois viera ao deserto por livre e espontânea vontade, abandonando uma vida confortável, uma posição social estável, os prazeres da civilização, a família e um lar agradável.
Partiu de sua casa por reconhecer a verdade, apesar das dificuldades esperadas. Para eles, Jetró seria como colírio de luz para os olhos.
Por isso. Moisés insistiu para seu sogro vir junto, pois era símbolo vivo da capacidade de enfrentar e vencer dificuldades.

Fonte: Torah a Lei de Moisés

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário